Morre o filósofo e sociólogo francês Jean Baudrillard

Morreu nesta terça, 6, em Paris, o filósofo esociólogo francês Jean Baudrillard, considerado um dos principais teóricos da pós-modernidade. Tinha 77 anos.Baudrillard morreu em sua casa, em Paris, segundo informou Michel Delorme da editora Galilee. Ele morreu após uma "longa doença", disse Delorme, uma maneira francesa de dizer que ele morreu de câncer. Baudrillard, um dos fundadores da revista Utopie, publicoumaisde 50 livros ao longo de sua carreira, como O Sistemados Objetos (1968), A Sociedade de Consumo (1970), SimulacroseSimulações (1981) e América (1997).O filósofo esteve no Brasil algumas vezes. Em 1982, para participar de um seminário promovido pela Universidade Cândido Mendes no Rio de Janeiro, Cotidiano e Mudanças. Voltou à mesma universidade em 2003, para participar da conferência A Subjetividade na Cultura Digital e lançar seu livro Power Inferno. Esteve no País ainda em 1984, para lançar seu livro Esquecer Foucault e ministrar um curso de pós-graduação na Faculdade de Comunicações da UFRJ.Em outubro de 2005 Baudrillard deveria ter vindo novamente ao Brasil como convidado de honra do evento Metamorfoses da Cultura Contemporânea, em Porto Alegre. Mas, por problemas de saúde enviou um vídeo com sua palestra para ser exibido ao público.11 de setembroNascido em Reims, na França, em 1929, sociólogo e fotógrafo, em 1966 começou a lecionar na Universidade de Paris X-Nanterre. Germanista de formação e tradutor de Bertold Brecht, Baudrillard recusou o pensamento científico tradicional e baseou sua filosofia no conceito de virtualidade do mundo aparente. Além de criticar a sociedade de consumo e considerar as massascomo cúmplices dessa situação, o francês desenvolveu nas últimasdécadas uma crítica radical aos meios de comunicação.Os atentados de 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos,serviram de inspiração para que ele escrevesse Réquiem para as TorresGêmeas, em 2002, ano no qual publicou também O Espírito doTerrorismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.