Morre o filósofo colombiano Rafael Gutiérrez Girardot

O escritor, historiador e filósofo colombiano Rafael Gutiérrez Girardot, que residia na Alemanha, morreu nesta sexta-feira em Bonn aos 77 anos, disseram em Bogotá fontes oficiais.Gutiérrez Girardot nasceu em 5 de maio de 1928 na cidade andina de Sogamoso, estudou Direito e Filosofia e mais tarde se especializou na Alemanha, onde foi discípulo do filósofo Martin Heidegger.Estudioso das obras de Heidegger e de Federico Niezstche, o ensaísta colombiano trabalhou como professor no Instituto Ibero-americano de Gotemburg (Suécia) e em 1954 fundou a editora Taurus.Gutiérrez Girardot escreveu em 1959 um dos primeiros estudos sobre a obra do argentino Jorge Luis Borges e em 1970 fundou o departamento de Estudos Hispânicos da Universidade de Bonn.Em 2002, o governo do México lhe outorgou o Prêmio Internacional Alfonso Reyes e na Espanha foi distinto com a Ordem de Isabel A Católica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.