Morre o escultor e pintor mexicano Juan Soriano

O escultor e pintor mexicano Juan Soriano morreu na madrugada desta sexta-feira, segundo informações da rádio e televisão do México.Juan tinha 85 anos e já estava internado há vários dias em um hospital da Cidade do México. Apresentava uma forte infecção e desidratação e morreu por volta das 5h00 da manhã, informou a Notimex, agência oficial mexicana. Juan Soriano nasceu no dia 18 de agosto de 1920 em Guadalajara e é um dos artistas mexicanos mais importantes do século 20. Começou a carreira precocemente: realizou sua primeira exposição aos 14 anos. Juan fazia parte da chamada Nova Escola Mexicana de Arte e entre seus trabalhos figuram os quadros Apolo y las musas (1954) e El accidente (1963) e as ilistrações para os livros La Fuerza del Destino, de Julieta Campos e El Aguila o Sole, de Octavio Paz. Juan realizou muitos ensaios e ganhou uma série de prêmios, como El Premio Nacional de las Artes (1987) e La Medalla de Oro y el Diploma de la Sociedad Académica de la Educación (2002). O corpo de Juan será velado amanhã, no Palácio de Bellas Artes, lugar onde apresentou sua primeira exposição, em 1959, e a retrospectiva XXV Años de Pintura y de Escultura, em 1966.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.