Morre o escritor israelense Samekh Yizhar

O escritor israelense Yizhar Smilansky, considerado um dos maiores expoentes e inovadores da moderna literatura hebraica, morreu nesta segunda-feira, aos 90 anos de idade. Yizhar, melhor conhecido pelos seus leitores com o pseudônimo de Samekh Yizhar, nasceu na então Palestina em 1916. Algumas das suas obras mais conhecidas, como "Midnight Convoy" , "Hirbet Hiza" e "The Prisoner", foram ambientadas no primeiro conflito árabe-israelense de 1948-49, no qual Yizhar participou como oficial da inteligência militar, e provocaram furiosas polêmicas no seu país.Em "Hirbet Hiza", por exemplo, ambientado em um vilarejo árabe imaginário, Yizhar narrou a expulsão dos habitantes árabes pelos soldados israelenses.Na final dos anos 50, Yizhar, que tinha então apenas 43 anos, obteve o prestigioso Prêmio de Israel pela sua obra "Days of Ziklag", uma saga em dois volumes que teve um profundo impacto sobre a prosa hebraica.Yizhar, além de deputado pelos partidos Mapai e Rafi, foi professor de literatura hebraica na Universidade Hebraica de Jerusalém.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.