Morre o escritor francês Jules Roy

O escritor francês Jules Roy morreu hoje aos 92 anos, em Vézelay (centro da França), segundo anunciou seu editor, Albin Michel. Autor de centenas de obras, entre elas Os Cavalos do Sol, Roy seguiu carreira militar de 1927 a 53, quando uma discordância com a política francesa aplicada na Argélia, país de origem, fez com que ele se dedique integralmente a literatura. Seu livro La Vallée heureuse (O Vale Feliz), inspirados nas guerras que participou, rendeu-lhe 15 dias de prisão no exército e o Prêmio Renaudot (1946), conferido aos melhores escritores. Seu primeiro livro Chants et prieres pour des pilotes foi publicado em 1942. Roy chegou a escrever peças de teatro Les Cyclones e novelas La Femme infidele (A mulher infiel - 1955). Também foi repórter do jornal L´Express.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.