Morre o escritor francês Jean Carrière

O escritor francês Jean Carrière, ganhador do prestigioso prêmio Goncourt em 1972, o Grande Prêmio da Academia Francesa, morreu aos 76 anos na localidade de Nimes, informaram meios de comunicação locais. Carrière, que morreu na noite de sábado, ganhou o Goncourt por sua obra L´épervier de Maheux, da qual vendeu dois milhões de exemplares e que foi traduzida a 14 línguas.Autor de cerca de vinte obras, em sua maior parte romances, Carrière escreveu também vários ensaios, principalmente sobre as figuras de Julien Gracq e Jean Giono.Carrière também se destacou como roteirista de cinema, o que lhe permitiu trabalhar com nomes como Buñuel, Schölondorf, Jean-Luc Godard e Jacques Tati. Ele assinou mais de 50 roteiros, feitos tanto em parceira com outros escritores, sozinho ou até mesmo adaptações de romances. Entre eles estão O Discreto Charme da Burguesia, A Insustentável Leveza do Ser, Este Obscuro Objeto do Desejo, O Último Entardecer, Brincando nos Campos do Senhor, A Bela da Tarde e o recente Reencarnação, estrelado por Nicole Kidman.Carrière escreveu também os seguintes livros: A Linguagem Secreta do Cinema, Prática do Roteiro Cinematográfico, em parceria com Pascal Bonitzer, Conversas Sobre o Invisível, A Força do Budismo, em parceria com o Dalai-Lama e Simão, o Mago.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.