Morre o escritor espanhol Miguel Delibes

O escritor espanhol Miguel Delibes, um dos grandes nomes da literatura espanhola contemporânea, morreu nesta sexta-feira aos 89 anos, segundo informações do Ministério da Cultura.

REUTERS

12 de março de 2010 | 08h24

No momento de sua morte, ocorrida às 7h da manhã, Delibes se encontrava em sua casa em Valladolid e rodeado por sua família.

O autor de "La sombra del ciprés es alargada" e "El hereje" era membro da Real Academia da Espanha, doutor honorário em diversas universidades, e ganhou, entre outros, o Prêmio Cervantes, o Príncipe das Astúrias das Letras, e o Nadal, o Nacional das Letras Espanholas.

Depois de saber da notícia de sua morte, o ministro da Educação espanhol, Ángel Gabilondo, pediu que o escritor fosse lembrado sobre tudo como "uma boa pessoa".

"Ele nos ensinou que o cuidado da escrita e da palavra também são formas de construir a si mesmo", disse o ministro em declarações à Rádio Nacional da Espanha, a RNE.

(Por Raquel Castillo)

Mais conteúdo sobre:
GENTEDELIBESMORRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.