Fábio Motta/AE
Fábio Motta/AE

Morre o escritor Autran Dourado

Autor faleceu em sua casa na manhã deste domingo, aos 86 anos, no Rio de Janeiro

O Estado de S. Paulo,

30 de setembro de 2012 | 14h59

SÃO PAULO - Morreu na manhã deste domingo, 30, o escritor Autran Dourado. Ele tinha 86 anos e faleceu em sua casa, após passar três meses internado devido a problemas respiratórios. O corpo do escritor está sendo velado no Cemitério São João Batista, no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro. O enterro será realizado às 16h deste domingo.

 

Waldomiro Freitas Autran Dourado nasceu em Patos de Minas, em Minas Gerais, em 1926. Ainda na juventude, recebeu seu primeiro prêmio literário pelo conto O Canivete do Diabo. Em 2008, ganhou o Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de letras, pelo conjunto de sua obra.

 

Estudou direito e trabalhou como jornalista, passando a maior parte de sua vida no Rio de Janeiro. Entre suas dezenas de obras, uma das mais celebradas, a Ópera dos Mortos, de 1967, foi listada pela Unesco como uma das mais representativas da literatura mundial.

Tudo o que sabemos sobre:
Autran Dourado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.