Morre o cineasta americano Sydney Pollack

Diretor, ator e produtor morreu aos 73 anos, de câncer, em sua casa.

Da BBC Brasil, BBC

27 de maio de 2008 | 03h05

O diretor de cinema americano Sydney Pollack morreu nesta segunda-feira, aos 73 anos, em sua casa em Los Angeles, na Califórnia.Pollack lutava contra um câncer havia 10 meses. Além de diretor, Pollack também era ator e produtor.Em 1985, ele ganhou dois Oscar, de melhor diretor e melhor filme, por Entre dois Amores (Out of Africa), estrelado por Robert Redford e Meryl Streep. O filme recebeu 11 indicações ao Oscar daquele ano e venceu em sete categorias.Nascido em 1934, Pollack iniciou sua carreira na indústria cinematográfica como ator, atividade que nunca abandonou, apesar de ser mais lembrado pelos filmes que dirigiu.Sua última atuação no cinema foi em Conduta de Risco (Michael Clayton), de 2007, ao lado de George Clooney.Entre seus sucessos como diretor estão também Tootsie, com Dustin Hoffman, e Nosso Amor de Ontem (The Way We Were), com Robert Redford e Barbra Streisand. Pollack dirigiu estrelas como Burt Lancaster, Jane Fonda, Robert Mitchum, Al Pacino, Tom Cruise, Harrison Ford e Nicole Kidman.Ao lado do diretor britânico Anthony Minghella (morto em março deste ano), Pollack comandava a produtora Mirage Enterprises.Entre os filmes da produtora está o documentário Esboços de Frank Gehry (Sketches of Frank Gehry), lançado em 2007, o último dirigido por Pollack.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemaobituáriosydney pollack

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.