Divulgação
Divulgação

Morre o cantor Pery Ribeiro, aos 74 anos

Filho de Dalva de Oliveira e Herivelto Martins, artista sofreu um enfarte fulminante

Roberta Pennafort com estadão.com.br,

24 Fevereiro 2012 | 13h03

RIO - Cantor e guardião da memória dos pais, o compositor Herivelto Martins e a cantora Dalva de Oliveira, Pery Ribeiro morreu na manhã desta sexta-feira, 24, aos 74 anos, de enfarte, em Niterói, Rio de Janeiro. Ele estava havia 30 dias internado para tratar de uma endocardite.

 

Pery entrou para a história da música brasileira por ter feito a primeira gravação, em 1963, de Garota de Ipanema, maior sucesso de Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Acompanhado de sua mãe, participou, aos três anos de idade, das dublagens da animação A Branca de Neve e Os Sete Anões, como o anão Dengoso. Dalva de Oliveira fazia a voz da protagonista.

 

O artista também fez participações no cinema, como em Berlim da Batucada, de Luís de Barros, em 1944. Compositor e escritor, foi autor de Não Devo Insistir, música gravada por Dalva de Oliveira em 1960, ano em que gravou seu primeiro disco.

 

A série que retratou a vida de seus pais, Dalva e Herivelto - Uma Canção de Amor, exibida na TV Globo em 2010, foi baseada em livro escrito por Pery Ribeiro - Meus Dois Amores, de 2006.

 

Mudou-se para os Estados Unidos em 1998 para divulgar a música brasileira no exterior. Seu último disco, Cores da Minha Bossa, foi lançado em 2006.

 

 

Mais conteúdo sobre:
Pery Ribeiro morte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.