Morre o ator Lincoln Kilpatrick aos 72 anos

O ator Lincoln Kilpatrick, que estrelou mais de 40 filmes e teve sua primeira oportunidade quando foi escalado para a produção teatral de O Sol Tornará a Brilhar, morreu na última terça-feira, aos 72 anos, devido a complicações de um câncer de pulmão, no Centro Médico Cedars-Sinai.Nascido em St. Louis, Kilpatrick foi um influente ator negro durante os anos 1960, quando atuou ao lado de Sidney Poitier no sucesso da Broadway O Sol Tornará a Brilhar. Atuou em peças do escritor negro James Baldwin, famoso por lutar contra o preconceito, como Blues for Mr. Charlie (Blues para o senhor Charlie), The Slave (O escravo) e The Blacks (Os negros), com Gossett Jr. e Cicely Tyson.Nos anos 70, atuou em filmes como Cool Breeze, Soul Soldier e Aconteceu Num Sábado. Ele também participou de filmes de ficção científica, como A Última Esperança da Terra, No Mundo de 2020 e Chosen Survivors. Entre seus trabalhos para televisão, estão The Leslie Uggams Show, Matt Houston e Frank´s Place. Kilpatrick foi um dos fundadores da Escola de Artes Dramáticas Kilpatrick-Cambridge, em Hollywood e foi o primeiro integrante negro do Lincoln Center Repertory Company. Ele deixa a mulher, Helena, dois filhos e três filhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.