Morre o ator Carlos Eduardo Dolabella

O ator Carlos Eduardo Dolabella morreu esta noite, aos 65 anos, no Hospital Samaritano, em Botafogo (zona sul), onde estava internado desde 12 de fevereiro devido a uma arritmia cardíaca. Ele teve falência múltipla dos órgãos.Dolabella sofria de diabetes, insuficiência renal crônica, osteomielite (inflamação óssea) e estava com pneumonia. Há cerca dedez dias, seu estado já era grave. Na ocasião, os médicos disseram que o ator estava sedado, respirando com ajuda deaparelhos e monitorado permanentemente.Em julho de 2002, Dolabella passou por uma cirurgia de cinco horas no Hospital Pró-Cardíaco, também em Botafogo, após umenfarte, e recebeu três pontes de safena. Em março, passara por uma angioplastia devido a outro enfarte.Dolabella foi casado com a atriz Pepita Rodrigues, e era pai do ator Dado Dolabella, ator que recentemente fez o papel de Bentinho na minissérie da Rede Globo A Casa das Sete Mulheres.Em 35 anos de carreira, a maior parte dela passada na televisão, atuou em 29 novelas, quatro minisséries, 13 casos especiais. Também fez teatro, com 16 peças no currículo, e cinema, tendo participado de 15 filmes. Um de seus trabalhos mais recentes foi na minissérie A Muralha, produção de 2000 baseada no romance de Dinah Silveira de Queirós, em que Dolabella interpretou o personagem João Antunes. Sua última novela foi Força de um Desejo, de Gilberto Braga, de 1999. Ele integrou o elenco de grandes produções da Rede Globo, como Irmãos Coragem, Selva de Pedra e O Bem Amado. Fora da Globo, participou de novelas importantes, como Kananga do Japão e A História de Ana Raio e Zé Trovão, sucessos da TV Manchete.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.