Jotabê Medeiros/Estadão
Jotabê Medeiros/Estadão

Morre o artista plástico Samico aos 85 anos

Artista integrou o Movimento Armorial com Ariano Suassuna

O Estado de S. Paulo

25 de novembro de 2013 | 13h56

O artista plástico pernambucano Gilvan Samico morreu nesta segunda, aos 85 anos, após lutar por anos contra um câncer na bexiga. Samico chegou a ser internado diversas vezes no Recife e em São Paulo para tratamento. O velório está marcado para as 15h no cemitério Morada da Paz, e a cremação deverá ocorrer às 21h.

Conhecido por suas xilografuras, o artista nasceu em 1928 no Recife. Em 1952, ajudou a fundar o Ateliê Coletivo da Sociedade de Arte Moderna do Recife e estudou sob nomes como Lívio Abramo e Oswaldo Goeld. Em 1971, a convite de Ariano Suassuna, integra o Movimento Armorial, voltado à cultura popular nordestina e à literatura de cordel. Com destaque para as elaboradas texturas, seus trabalhos voltam-se ao romanceiro popular nordestino e ao cordel, aos personagens bíblicos ou de lendas locais, animais fantásticos e míticos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.