Morre o artista plástico Calazans Neto

O artista plástico Calazans Neto, de 73 anos, morreu na noite deste domingo devido a complicações causadas por infecção respiratória, no Hospital Aliança onde estava internado desde o início da semana passada por causa de uma isquemia abdominal. Mestre Calá, como era conhecido, fazia parte da geração de personalidades definida por Jorge Amado como de "baianos fundamentais". Amigo de Amado, dos artistas plásticos Caribé e Carlos Bastos e do etnólogo Pierre Verger (todos já falecidos) Calazans foi colega de escola de Glauber Rocha e trabalhou como cenógrafo nos seus primeiros filmes. Ele ilustrou vários livros de Jorge Amado.Seu corpo será cremado na manhã desta segunda-feira no Cemitério Jardim da Saudade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.