Morre o artista abstrato Steven Parrino

Steven Parrino, um artista abstrato muito reconhecido na Europa, morreu após um acidente de moto. Parrino, de 46 anos, morreu em um hospital de Manhattan na manhã de sábado. Ele estava voltando de uma festa de Ano Novo quando perdeu o controle de sua Harley Davidson vermelha, não muito longe de casa. Segundo o porta-voz da polícia, John Sweeney, Parrino morreu por ferimentos no pescoço, nas costas e na cabeça.De acordo com o site da Team Gallery, em Chelsea, que lançou a Quarta exposição de Parrino no final de 2004, "O trabalho de Parrino foi muito apoiado por museus e galerias da Europa, mesmo continuando relativamente desconhecido aqui". Parrino teve obras expostas em museus de grandes cidades européias, como Paris, no Centro Georges Pompidou, em Milão, Amsterdã, Viena, Berlim, Varsóvia e Londres. Ele participou da Bienal de 2003 de Lyon e uma grande mostra de seu trabalho será aberta no Museu de Arte Moderna e Contemporânea de Genebra, em 2006.

Agencia Estado,

03 de janeiro de 2005 | 19h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.