Morre nos EUA o colecionador de arte Roy Neuberger

Roy Neuberger, um dos maiores colecionadores de arte dos EUA, morreu na sexta, aos 107 anos, no City"s Pierre Hotel, em Nova York. Natural de Bidgeport, Conneticut, Neuberger chegou a estudar arte por um ano na Universidade de Nova York, mas preferiu se dedicar aos negócios e, com o sócio Robert Berman, fundou em 1939 a Neuberger Berman, uma das empresas de investimento mais bem sucedidas de NY. Ganhador da Medalha Nacional das Artes dos EUA em 2007, provou que não só era capaz de sobreviver às três grandes crises de Wall Street como também de construir uma das maiores coleções de arte contemporânea do mundo. Em 1974 criou o Neuberger Museum of Art, ao norte de Nova York, que contém centenas de obras de artistas como Georgia O"Keeffe, Edward Hopper, Willem de Kooning e Jackson Pollock, entre outros. / AP

, O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.