Morre no Rio o escritor Millôr Fernandes

O escritor Millôr Fernandes morreu na noite deste terça-feira, por volta das 21h, em sua residência no Rio. O corpo será velado a partir das 10h de quinta-feira, no Cemitério Memorial do Carmo, no Bairro do Caju, no Rio. Segundo a assessoria do cemitério, o corpo será cremado às 15h, desta quinta, no Crematório da Santa Casa.

GHEISA LESSA, Agência Estado

28 de março de 2012 | 11h33

O escritor chegou a ser internado por cinco meses no ano passado, na Casa de Saúde São José, também no Rio de Janeiro. Millôr foi um dos fundadores do jornal "O Pasquim" e um dos representantes da imprensa nanica, que levou o humor às publicações alternativas na época da forte censura da Ditadura Militar.

Tudo o que sabemos sobre:
Millôr Fernandesmorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.