Morre na Bahia artista plástico Floriano Teixeira

O artista plástico Floriano Teixeira de 77 anos, morreu na madrugada de hoje, no Hospital Santa Isabel, da capital baiana.Maranhense de nascimento, Teixeira firmou-se como um dos principais pintores e ilustradores em atuação na Bahia nas últimas décadas. Ilustrou vários livros do amigo o escritor Jorge Amado, de Zélia Gattai e de Graciliano Ramos.Natural de Cajaipó (MA), Teixeira interessou-se desde criança pelo desenho e na adolescência, começou a pintar em aquarela, firmando-se em pouco tempo como nome de destaque nas artes plásticas brasileiras. Fez quadros expressionistas, surrealistas e de figuras humanas, principalmente mulheres. Conheceu Salvador em 1964, a convite de Jorge Amado e adotou a Bahia como morada a partir de então. Teixeira ilustrou vários livros de Amado, entre os quais um dos seus principais sucessos, Dona Flor e Seus Dois Maridos. Teixeira tem 1.400 quadros e ilustrações espalhadas pelo Brasil e vários países.O pintor estava internado havia um mês por causa de um derrame e acabou morrendo devido a uma parada cardiorrespiratória.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.