Morre Michael Crichton, autor de 'Parque dos Dinossauros'

Autor norte-americano vendeu mais de 150 milhões de exemplares de suas obras, traduzidas em 30 idiomas

EFE,

05 de novembro de 2008 | 16h28

O escritor norte-americano Michael Crichton, criador de Parque dos Dinossauros, adaptado para o cinema por Steven Spielberg, e que escreveu também vários clássicos na televisão como Plantão Médico (ER), morreu em Los Angeles, na Califórnia, aos 66 anos, segundo informou sua família.   Médico, escritor e cineasta nascido em 23 de outubro de 1942 em Chicago, Illinois, Crichton era considerado o "criador do tecno-romance de suspense".   Em um comunicado publicado no site do programa de televisão Entertainment Tonight, a família do célebre escritor, que vendeu mais de 150 milhões de exemplares de suas obras, traduzidas em 30 idiomas, explica que ele morreu na terça, após lutar contra um câncer que não especificaram.   "O mundo o conhecia como um grande contador de histórias que rompeu nossas noções preconcebidas sobre o mundo que nos rodeia e nos entreteve enquanto o fazia", diz o comunicado.   "Sua mulher Sherri, sua filha Taylor, família e amigos lembram de Michael Crichton como marido devoto, pai carinhoso e amigo generoso que nos inspirou a cada um de nós para lutar por ver as maravilhas de nosso mundo através de novos olhos", acrescenta a nota.   No site do autor está registrado que Crichton "morreu de forma imprevista" após uma batalha particular e valente contra o câncer".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.