MORRE MAESTRO DO FESTIVAL HAENDEL

Foi anunciada ontem por familiares a morte do maestro Stephen Simon, aos 75 anos, em 20 de janeiro, vítima de um derrame, em Nova York. O músico, fundador da Washington Chamber Symphony, ficou conhecido por resgatar oratórios de Haendel, criando o festival anual dedicado ao compositor alemão no Kennedy Center. Como diretor musical, programou óperas pouco montadas de Haendel, entre elas Poro, Radamisto, Orlando e Alessandro. Ele também foi regente de outras óperas do alemão quando dirigiu a Hendel Society of New York, entre elas Ariodante, Athalia e Rinaldo. Simon era neto do magnata Moses Annenberg. / NYT

O Estado de S.Paulo

04 Fevereiro 2013 | 02h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.