Morre Leonora Carrington

A pintora e escultora mexicana, de origem inglesa, Leonora Carrington morreu anteontem no México, aos 94 anos. A informação foi divulgada ontem por fontes do Conselho Nacional para Cultura e as Artes (Conaculta). Nascida em Chorley, na Inglaterra, no dia 6 de abril de 1917, Carrington vivia no México desde os anos 1940 e era considerada uma das últimas representantes do movimento surrealista. A artista foi casada com o pintor Max Ernst (1891-1976) e teve contato com nomes importantes como Salvador Dalí, Marcel Duchamp, André Breton e Pablo Picasso. Entre as obras de maior destaque de Carrington, estão La Giganta e Laberinto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.