Morre humorista Juan Verdaguer

O humorista e ator uruguaio Juan Verdaguer morreu em Buenos Aires aos 86 anos de idade, vítima de uma parada cardíaca, informaram hoje seus familiares. Verdaguer, que morava em Buenos Aires há muitos anos, morreu às 16 horas da segunda-feira. Ele será enterrado amanhã no panteão dos atores do Cemitério da Chacarita, na capital argentina.Nascido em Montevidéo, no Uruguai, em 1915, e filho de uma família de artistas, Verdaguer era considerado um dos melhores autores de chistes de salão usando as figuras da esposa e da sogra. Conhecido como "O senhor do humor", ele começou sua carreira ainda criança, no circo em que trabalhavam seus pais, na Argentina. Verdaguer não se destacou apenas na Argentina, onde baseou suacarreira, mas também em vários países da América Latina e chegou a participar de um filme na China, com o ator argentino Luis Sandrini."Ele esteve nos Estados Unidos, México, Perú, Panamá, Austrália, Chile, Uruguai e Brasil", disse seu secretário pessoal Francisco Iozzo. Tornou-se humorista famoso em 1961, quando participava do programa Este Loco, Loco Hotel (Este louco, louco hotel), no Canal 13 de Buenos Aires. Atuou no teatro de revistas e participou de oito filmes, entre eles Rosaura a las 10 (Rosaura às 10h), do diretor Mario Soffici. Seu estado de saúde piorou recentemente, durante uma turnê que estava realizando no interior do país com a peça Masters del Humor (Mestres do Humor). Sua última atuação foi na cidade de San Nicolás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.