Morre Hamilton, o pai da arte pop

Pioneiro da arte pop, o inglês Richard Hamilton morreu ontem, pela manhã, aos 89 anos, segundo informaram os proprietários da Gagosian Gallery, que representa o artista, sem revelar a causa da morte. A obra que é considerada o marco zero da arte pop, movimento que teve em Andy Warhol seu expoente, foi sua colagem Just What Is It That Makes Today"s Home So Different, So Appealing? (1956), que tinha em primeiro plano um halterofilista numa sala de estar de uma casa burguesa ocupada por eletrodomésticos e uma mulher nua deitada num sofá, alem de um abajur com o logotipo da Ford, crítica evidente à sociedade de consumo. / AP

, O Estado de S.Paulo

14 de setembro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.