Morre Guita Mindlin, mulher de José Mindlin, aos 89 anos

Morreu neste domingo, 25, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, Guita Mindlin, de 89 anos, mulher do empresário José Mindlin. A causa da morte foi falência múltipla de órgãos. O velório foi no próprio hospital e o enterro no Cemitério Israelita de Vila Mariana.Guita completaria 90 anos no dia 2 de agosto. Nascida em 1916, tinha 20 anos quando conheceu seu futuro marido na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, ela caloura, ele formando. Dois anos depois, casaram-se.Formou-se em Direito em 1940, mas já então compartilhava com o marido a paixão pelos livros. Acabou se dedicando à preservação e restauração dos milhares de volumes que o casal adquiriu ao longo da vida. Na última terça-feira, 20, Mindlin foi eleito para a Academia Brasileira de Letras (ABL). "Ela sempre encorajou minhas extravagâncias na compra de livros, mesmo que isso significasse sacrifício doméstico", declarou o empresário em entrevista na década de 80. Guita especializou-se em encadernação e restauro. Na década de 70, em parceria com o Instituto de Pesquisa Tecnológicas, chegou a desenvolver uma máquina de reconstituir papel. Fundou ainda a Sociedade Brasileira de Encadernação e Restauro (SBE), apoiada pela Escola Theobaldo Nigris, entidade que formou na arte do restauro de livros 150 alunos em apenas cinco anos.NamoroJosé Mindlin sempre recorda daquela "moça caloura cercada de rapazes, entre eles Ulysses Guimarães. "Eu disse para ela que eu era um bom partido", conta Mindlin. Começou aí o flerte e o companheirismo que duraria uma vida. "Desde o início do namoro eu já guardava livros na casa dela."Guita e José Mindlin tiveram quatro filhos, a antropóloga Betty, a designer Diana, o engenheiro Sérgio e a socióloga Sônia, que foi para os Estados Unido estudar canto. Eleito para a ABL no dia 20, Mindlin esperou o desfecho da votação e comemorou a escolha ao lado de Guita e duas filhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.