Morre Furio Scarpelli, roteirista de clássicos italianos

O roteirista Furio Scarpelli, do filme "Três Homens em Conflito" (Il buono, il brutto, il cattivo) e de outros clássicos do cinema italiano, morreu aos 90 anos em sua casa em Roma, informou hoje seu filho, Matteo Scarpelli. Ele tinha problemas cardíacos.

AE-AP, Agência Estado

28 de abril de 2010 | 12h23

Durante uma colaboração de décadas com Agenore Incrocci, mais conhecido por seu apelido Age, Scarpelli escreveu os roteiros de "O Incrível Exército de Brancaleone" e "Os Companheiros", filmes dirigidos por Mario Monicelli, além de "A Marcha sobre Roma", de Dino Risi, e outros clássicos do cinema italiano do pós-guerra.

O senso de humor e o olhar implacável para os vícios do povo italiano se converteram na marca registrada da dupla Age & Scarpelli, responsável por papeis e falas memoráveis para atores como Marcello Mastroianni e Vittorio Gassman. Age morreu em 2005.

"Três homens em conflito" é um clássico do western spaghetti, dirigido por Sergio Leone e protagonizado por Clint Eastwood.

Age e Scarpelli foram indicados duas vezes ao Oscar de melhor roteiro nos anos 1960. Scarpelli foi ainda indicado nos anos 1990 pelo roteiro de "O Carteiro e o Poeta".

Mais conteúdo sobre:
cinemaItáliaFurio Scarpelli

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.