Morre escultor italiano Pietro Consagra

O escultor Pietro Consagra, um dos mestres da arte abstrata italiana, morreu hoje em Milão aos 85 anos de idade, segundo informou sua família. Consagra, fundador do grupo "Forma", será enterrado na próximaquarta-feira, em Gibellina, uma ilha da Sicília, onde realizou numerosas obras e projetou um teatro.Pietro Consagra nasceu em Mazzara del Vallo (Sicília) em 1920.Estudou Bellas Artes em Palermo e em 1944, no final da 2.ªGuerra Mundial, mudou-se para Roma, onde trabalhou com Mazzacurati eGattuso.Em 1947, junto com Ugo Attardi, Pietro Dorazio, Achille Perilli,Giulio Turcato, Carla Accardi e Antonio Sanfilippo fundou o grupo"Forma", ponto de referência da arte abstrata na Itália.Viajou para a França e conheceu artistas como Brancusi, Pevsner,Julio González e Picasso. De seu estúdio, que dividia com Guttuso, saíramesculturas metálicas, em blocos de madeira, de mármore. São esculturas monumentais. Muitas delas estão em Gibellina, como uma grande estrela de 24 metros de altura de aço inoxidável, que o artista colocou ali depois que um terremoto devastou a região em 1981. É sua também uma escultura de mármore de mais de cinco metros de altura instalada na praça romana de Santa Susana.Pietro Consagra escreveu vários livros, como A Necessidade da Escultura (1952), A Cidade Frontal e Minha Vida, de 1980, e recebeu vários prêmios do Estado italiano. fue galardonado envarias ocasiones por el Estado Italiano".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.