Morre escritor mexicano Rafael Ramírez Heredia

O escritor mexicano Rafael Ramírez Heredia, autor de várias obras literárias e de teatro, morreu na Cidade do México, de um câncer que sofria há um ano, informou na terça-feira o Instituto Nacional de Belas Artes (INBA). Ramírez Heredia, de 64 anos, desenvolveu sua obra ao longo de mais de 40 anos para criar personagens e imagens urbanas do cotidiano mexicano. O escritor, nascido em Tampico, no Golfo do México, ainda jovem deixou a profissão de contador para se dedicar à literatura e passou de "contador de contas a um contador de contos".Ele "enveredou pelo romance policial, pelo mundo do crime e das relações clandestinas", afirmou o INBA. Ramírez Heredia recebeu o Prêmio Nacional de Teatro (1977), o Prêmio Internacional Juan Rulfo, o Prêmio Internacional de Letras pelo conjunto da obra(1993), o prêmio Rafael Bernal demelhor romance policial (1993) e a Grande Ordem ao Mérito Autoral do Instituto Nacional do Direito de Autor, em 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.