Morre escritor de ficção científica Stanislaw Lem

Morreu hoje, aos 84 anos, o escritor polonês Stanislaw Lem, um dos grandes mestres da literatura de ficção científica. Seu livro Solaris foi adaptado duas vezes para o cinema, uma delas dirigida por Steven Soderbergh e estrelado por George Clooney. A causa da morte de Lem, em Cracóvia, na Polônia, não foi divulgada.Lem nasceu em 1921 em Lvov - antes Polônia, hoje Ucrânia - e seu conto de estréia foi O Homem de Marte, em 1946. Cinco anos depois, ficou famoso com o romance Os Astronautas, que foi, mais tarde, levado às telas. O livro conta a história de exploradores que descobrem no planeta Vênus vestígios de uma civilização desaparecida.Além de Os Astronautas, Lem publicou os livros Cyberiada e Solaris. Lem foi nomeado membro honorário da Science Fiction Fantasy Writers of America (SFWA) em 1973, mas a SFWA anulou a decisão três anos depois porque o escritor criticou fortemente a ficção científica produzida nos Estados Unidos. Suas obras foram traduzidas para 41 idiomas e mais de 27 milhões de exemplares foram vendidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.