Divulgação
Divulgação

Morre escritor Bartolomeu Campos de Queirós

Autor de livros infantis faleceu em Belo Horizonte aos 66 anos de idade em consequência de problemas renais

EFE,

16 de janeiro de 2012 | 12h22

RIO DE JANEIRO - O escritor Bartolomeu Campos de Queirós, autor de mais de 40 livros para crianças e jovens, morreu nesta segunda-feira aos 66 anos na cidade de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, informou o Hospital Felício Rocho.

 

Campos de Queirós morreu em decorrência de uma insuficiência renal, que o obrigava a realizar hemodiálises regularmente, de acordo com os porta-vozes do hospital.

 

O autor recebeu inúmeros prêmios, entre eles o Jabuti, maior condecoração literária do país, e o prêmio Ibero-americano SM de Literatura Infantil e Juvenil de 2008. Bartolomeu foi, além disso, finalista em 2010 do prestigioso prêmio internacional Hans Christian Andersen de Literatura Infantil.

 

O prêmio Ibero-americano SM reconheceu "a transcendência de sua obra que se manifesta na profundidade dos temas abordados, o respeito pelo leitor, os desafios que teve de enfrentar, seu compromisso com a arte literária sem concessões e o caráter poético e filosófico de sua obra".

 

 

 

Nascido no município de Papagaios (Minas Gerais), mestre e crítico de arte, trabalhou em diversos projetos de incentivo à leitura patrocinados pela Biblioteca Nacional e pelo Governo de Minas Gerais.

Estreou na literatura em 1974 com O Peixe e o Pássaro e desde então escreveu mais de 40 títulos infantis, alguns dos quais foram traduzidos para o espanhol, inglês e dinamarquês.

 

Campos de Queirós foi autor também de livros premiados como Onde Tem Bruxa tem Fada (1979) e Até Passarinho Passa (2004) e diversas obras que estão na lista que o Governo brasileiro enviou às bibliotecas escolares para promover a leitura.

Tudo o que sabemos sobre:
Bartolomeu Campos de Queirós

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.