Morre escritor americano Philip José Farmer

Literato foi o primeiro a falar de sexo em contos e romances de ficção científica

Efe,

26 de fevereiro de 2009 | 02h17

O escritor americano Philip José Farmer, considerado o primeiro a falar de sexo em contos e romances de ficção científica, morreu na quarta-feira, 25, aos 91 anos enquanto dormia, informou a rede de televisão CNN. Famoso no mundo literário por obras como "O Planeta do Rio", "Os Amantes do ano 3050" e "Além do Inferno", Farmer mudou a cara da ficção científica com seu trabalho, segundo Joe Lansdale, crítico, escritor e amigo do romancista. "Foi um dia triste. Estamos tentando conter nossas emoções", disse à editora Subterranean, que publicou a maioria de suas obras, ao informar sobre a morte do escritor em seu site. O escritor, cujo último romance publicado foi "The City Beyond Play", em 2007, tratou o tema do sexo em suas obras de forma séria, afirmou Jonathan Strahan, editor e crítico da revista Locus. "Não era pornografia. Era a sexualidade do povo contada de maneira interessante e inteligente", assinalou.

Tudo o que sabemos sobre:
Philip José Farmermemóriamorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.