Sergio Castro/AE-22/02/2010
Sergio Castro/AE-22/02/2010

Morre em São Paulo Ravel, da dupla Dom e Ravel

Cantor sofreu um enfarte no momento em que tomava banho em sua residência

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

17 Junho 2011 | 01h21

SÃO PAULO - Morreu, aos 64 anos, no início da tarde de quinta-feira, 16, na capital paulista, o cantor Eduardo Gomes de Farias, o Ravel, da dupla Dom e Ravel, sucesso da década de 1970. Segundo familiares, Ravel sofreu um enfarte no momento em que tomava banho em sua residência. Os bombeiros ainda foram acionados, mas o ataque cardíaco foi fulminante.

O corpo de Ravel é velado no Cemitério do Araçá, região da Consolação, na capital, onde também será realizado o sepultamento, marcado para as 12 horas. Ravel deixa a esposa Rejane, com quem estava casado há 37 anos, e uma única filha, Priscila. Eustáquio Gomes de Farias, o Dom, faleceu em dezembro de 2000, vítima de um câncer de estômago.

Dupla - Os irmãos Eustáquio Gomes de Farias (Dom) e Eduardo Gomes de Farias (Ravel) nasceram em Itaiçaba (CE) e mudaram-se ainda pequenos para São Paulo, na década de 1950.

Eduardo foi apelidado de Ravel por um professor de música, por causa de sua aptidão para a arte. Ingressando na carreira artística por volta do início dos anos 1960, a dupla, já como Dom & Ravel, lançou em 1969 o primeiro LP, Terra boa, que trazia a canção Você também é responsável, transformada, dois anos depois, pelo ex-ministro da Educação, Jarbas Passarinho, no hino do Movimento Brasileiro de Alfabetização (Mobral).

Mas seria na virada dos anos 1970 que a dupla atingiria seu maior sucesso, através de sua composição Eu te amo meu Brasil, gravada pelo conjunto Os Incríveis. Entre os outros sucessos, estão Animais irracionais, Só o amor constrói e Obrigado ao homem do campo.

Mais conteúdo sobre:
ravel dom e ravel cantor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.