Morre Edmund Hillary, primeiro homem a escalar o Evereste

O neo-zelandês Sir Edmund Hillary,que ao lado do nepalês Tenzing Norgay Sherpa se tornou oprimeiro a escalar o monte Evereste, morreu aos 88 anos deidade. "O lendário alpinista, aventureiro e filantropo é oneo-zelandês melhor conhecido a já ter vivido", disse aprimeira-ministra da Nova Zelândia, Helen Clark, ao anunciar amorte de Hillary. Hillary escalou a maior montanha do mundo em 1953. A causade sua morte não foi anunciada, mas ele estava doente há algumtempo e a imprensa local disse que ele estava com pneumonia. Hillary era o neo-zelandês mais conhecido no mundo e suafoto está na nota de cinco dólares do país. "Ele era umcolosso. Ele era uma figura heróica que, não só escalou oEvereste, mas viveu uma vida de determinação, humildade egenerosidade", disse a premiê. Após o Evereste, Hillary realizou uma série de expediçõesao Pólo Sul e ao Himalaia. (Por Kazunori Takada)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.