Morre Ed Wilson, de chuva de prata

MEMÓRIA

, O Estado de S.Paulo

05 de outubro de 2010 | 00h00

Morreu ontem no Rio de Janeiro, aos 65 anos, de parada cardíaca, o compositor e cantor Ed Wilson, autor do grande sucesso de Gal Costa nos anos 80, Chuva de Prata. Carioca, Edson Vieira de Barros era irmão de Renato e Paulo César Barros, do grupo Renato e Seus Blue Caps, onde iniciou a carreira (influenciado por Elvis). Seu corpo seria cremado ontem, às 17 horas, no Cemitério São João Batista, no Rio. Compôs clássicos do chamado "brega", como Não Diga Nada (Prêntice) e Pede a Ela (Tim Maia). "Era uma das melhores vozes da nossa geração, grande caráter, muito digno", disse Wanderlea. Nos últimos tempos, o cantor era ligado à música gospel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.