Alaor Filho/ AE/ 01/04/2004
Alaor Filho/ AE/ 01/04/2004

Morre diretor, dramaturgo e político Abdias do Nascimento

Abdias do Nascimento era militante pelo direito dos negros e valorização da cultura

Wilson Tosta, de O Estado de S.Paulo e Estadão.com.br,

24 de maio de 2011 | 13h50

Morreu nesta terça-feira, 24, no Hospital Federal dos Servidores, no Rio de Janeiro,  um dos pioneiros do movimento de luta contra a discriminação racial no Brasil, o ator, diretor, dramaturgo e político Abdias do Nascimento, aos 97 anos. A causa da morte não foi revelada.

 

Abdias do Nascimento nasceu em Franca, no interior de São Paulo, em 14 de março de 1914. Foi, além de ator, poeta, artista plástico, diretor e dramaturgo, militante da luta contra a discriminação racial e pela valorização da cultura negra. Foi deputado federal, senador e secretário de estado.

 

Era integrante da Frente Negra Brasileira e foi o responsável pela criação do Teatro Experimental do Negro, primeira companhia a promover a inclusão do artista afrodescendente no teatro brasileiro, nos anos 40. Em 2001, ganhou o prêmio da Unesco de Direitos Humanos e Cultura de Paz por seu ativismo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.