Morre coreógrafo Maurice Béjart em hospital suíço

O coreógrafo francês Maurice Béjart,considerado uma das grandes figuras do balé contemporâneo,morreu na quinta-feira num hospital suíço, aos 80 anos deidade, informou uma porta-voz do Béjart Ballet Lausanne. Ex-dançarino, Béjart tinha sido internado diversas vezesnos últimos meses, sofrendo de exaustão e de problemas renais ecardíacos. "Ele morreu hoje cedo pela manhã no hospital de Lausanne",disse à Reuters a porta-voz do Béjart Ballet Lausanne, RoxanneAybek. Em 1987 Béjart se mudou de Bruxelas para Lausanne, naSuíça, juntamente com a maioria dos bailarinos de seu grupo20th Century Ballet. A cidade oferecia melhores condições esubsídios para a companhia de dança, que ele ainda estavadirigindo quando morreu. Os 35 bailarinos da companhia estão ensaiando uma novaprodução intitulada "A Volta ao Mundo em 80 Minutos", que temestréia marcada para 20 de dezembro em Lausanne. "Estamos tristes, mas o show vai continuar", disse Aybek. Nascido em Marselha, no sul da França, Béjart ganhoudestaque em 1959 com uma produção elogiada da "Sagração daPrimavera", de Igor Stravinsky. Outras coreografias que criouincluíram a do "Bolero" e de "Suvenir de Leningrado". "Com a morte de Maurice Béjart, perdemos um dos maiorescoreógrafos de nossos tempos, um dos mais famosos e maisadmirados", disse a ministra da Cultura francesa, ChristineAlbanel, em comunicado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.