Morre cartunista Antonio Mingote

O cartunista Antonio Mingote, um dos mais importantes intelectuais da Espanha, morreu ontem aos 93 anos, em um hospital de Madri, informou o jornal ABC, no qual o desenhista publicou grande parte de suas criações. Os personagens de Mingote, que ilustraram desde páginas de jornais até paredes de uma estação de metrô de Madri, refletiram durante décadas as mudanças na política e na vida dos espanhóis. Desde 1953, seus quadrinhos e ilustrações eram publicados no ABC, embora Mingote tenha se dedicado também ao ofício de escritor, publicando romances e colaborando em produções de cinema e televisão. / REUTERS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.