Morre arquiteto português Fernando Távora

O arquiteto português e fundador da Escola de Oporto, Fernando Távora, morreu sábado aos 82 anos em Matosinhos, vítimas de uma prolongada doença que o deixou hospitalizado nos últimos dois anos.O mestre português conseguiu que as idéias do Movimento ModernoEuropeu se arraigassem entre os universitários de seu país e tornou-se mestre de outros reconhecidos arquitetos portugueses, como Alvaro Siza, Alexandre Alves e Eduardo Souto de Moura.Távora foi pioneiro na recuperação do centro histórico das cidades portuguesas de Aveiro e Guimarães, declarada Patrimônio da Humanidade.

Agencia Estado,

05 de setembro de 2005 | 10h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.