Morre, aos 81 anos, Iwao Takamoto, criador do Scooby Doo

Iwao Takamoto, animador que criou o cachorro Scooby-Doo e outros inesquecíveis personagens nos desenhos dos Flintstones e Jetsons, morreu na segunda-feira, aos 81 anos. Takamoto morreu no Centro Médico Sinai, em Los Angeles, onde estava sendo tratado por problemas respiratórios, disse Gary Miereanu, porta-voz da Warner Bros. Animation. Ele criou Scooby-Doo, seu dono igualmente esfomeado e covarde, Salsicha, e os amigos Velma, Dafne e Fred no final dos anos 1960, quando trabalhava no estúdio de animação Hanna-Barbera. O nome do cachorro foi inspirado por uma parte improvisada no final da música Strangers in the Night, de Frank Sinatra. Ele também criou Astro, o cão da família Jetson e o marciano Gazoo dos Flintstones. A morte de Takamoto acontece exatamente três semanas depois da morte de Joseph Barbera, co-fundador da Hanna-Barbera, que tinha 95 anos. Seu parceiro William Hanna morreu em 2001. Takamoto, que nasceu em 1925 em Los Angeles, passou parte da Segunda Guerra Mundial em um campo de confinamento, onde recebeu treinamento informal de ilustração de outros japoneses. Depois da guerra, ele trabalhou como estagiário nos Estúdios Disney, onde atuou na produção de filmes como Cinderela e Peter Pan. Em 1961, foi para a Hanna-Barbera, que agora é parte da Time Warner Inc.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.