Morre aos 75 anos o ator Abrahão Farc

Morreu ontem, aos 75 anos, o ator Abrahão Farc. Após três semanas internado com um tumor no intestino, ele teve pneumonia e não resistiu à falência múltipla nos órgãos, ocorrida à 0h05 de ontem. Abram Jacob Szafarc, nome de batismo do ator, nasceu em São Paulo em 1937, fez teatro amador por quatro anos antes de estrear profissionalmente em 1962. A primeira peça foi o espetáculo A Visita da Velha Senhora, de Friedrich Dürrenmatt, na Companhia de Cacilda Becker sob direção de Walmor Chagas. Ao longo dos 50 anos de carreira, Farc atuou em trabalhos como a novela Sete Pecados (2007), os longas O Cheiro do Ralo (2007) e O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias (2006) e a peça Um Casamento Suspeitoso (2011), seu último trabalho. Também participou do clipe da música Subirusdoistiozin, do rapper Criolo, em 2010. O velório e o enterro foram realizados ontem, no Cemitério Israelita do Butantã, zona oeste de São Paulo. Farc era casado e tinha duas filhas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.