Morre aos 73 anos escritor Robert Ludlum

Morreu nesta segunda-feira aos 73 anos em Naples, na Flórida, um dos mestres dos romances de espionagem dos tempos da Guerra Fria, o norte-americano Robert Ludlum. Nascido em Nova York, o autor de Caminho Para Gondolfo, O Círculo Matarese e A Identidade Bourne - que atualmente está sendo adaptado para o cinema por Doug Liman -, morava na Flórida e foi vítima, conforme amigos, de um ataque cardíaco.Hoje traduzido para 32 línguas, em 40 países, Ludlum só conheceu o sucesso como escritor depois dos 40 anos. Até então, o ex-combatente do exército americano durante a Segunda Guerra Mundial ganhava a vida como ator, pequeno produtor e locutor de comerciais. Depois de abraçar o gênero do suspense policial e da espionagem, estourou no mercado editorial mundial, vendendo mais 200 milhões de exemplares de 21 romances, boa parte deles best-sellers.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.