Morre a jornalista, poeta e dramaturga Isabel Câmara

A jornalista, poeta e dramaturga Isabel Câmara morreu no domingo, aos 65 anos, de enfarte na cidade de Goiânia, onde residia. A mineira de Três Corações ganhou o Prêmio Molière em 1970 pela peça As Moças, que estreou no Teatro Ipanema em 1969. Com Fauzi Arap, ela dirigiu o show Rosa dos Ventos com Maria Bethânia no Teatro da Praia. Integrou a coletânia de poesias organizada por Heloisa Buarque de Hollanda, 26 Poetas Hoje, que marcou época ao apresentar a poesia marginal em plena vigência da censura. Tem vários textos inacabados, entre eles Solo para Atriz e Palco, e semi-acabados, como a revista musical Viva Sapatas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.