Morre a escritora Birgitta Trotzig

A Academia Sueca que concede o Nobel informou ontem que a escritora e poeta existencialista Birgitta Trotzig, morreu no sábado, aos 81 anos, em Estocolmo, depois de longa enfermidade. Ela, que fazia parte da academia desde 1993, estreou na literatura em 1951, com o livro From the Lovers" Lives. Outro destaque de sua carreira é a obra The Explosed (1957). / AP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.