Morre a escritora Belva Plain

LITERATURA

, O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2010 | 00h00

Morreu na última terça-feira, em sua casa em Short Hills, Nova Jersey, a escritora norte-americana Belva Plain. Ela tinha 95 anos e se tornou uma autora de best-sellers já aos 59 anos com obras em que contava sagas de gerações de famílias judias americanas - nascida Belva Offenberg em Nova York, em 1915, ela era descendente de judeus alemães. A escritora lançou seu primeiro livro em 1978, Evergreen, que ficou 41 semanas na lista dos mais vendidos publicada no jornal The New York Times. A obra ainda se tornou minissérie de TV feita pela rede NBC, em 1985. Outro destaque de sua carreira é Crescent City, publicado em 1984 e traduzido em 22 línguas. / NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.