Morre a atriz Néa Simões

Morreu nesta madrugada a atriz Néa Simões, aos 79 anos, por causa de uma insuficiência respiratória. Ela tinha câncer de ovário, que se espalhou até o pulmão. Néa, cujo nome verdadeiro era Elza, também era jornalista. O corpo da atriz está sendo velado no Cemitério do Tremembé. Néa Simões foi uma das atrizes pioneiras da TV brasileira. Seu primeiro trabalho em televisão foi na novela Sua Vida Me Pertence, em 1951, um ano após a chegada da TV ao País. Depois, participou de várias novelas, como Antonio Maria, de 1968, As Pupilas do Senhor Reitor, de 1970 e Pingo de Gente, de 1971. Um de seus últimos trabalhos foi a minissérie Rabo de Saia, de Walter Avancini. Néa Simões também fez cinema. Um de seus principais trabalhos foi no filme O Jeca Contra o Capeta, de 1976, em que contracenava com Amacio Mazzaropi. Entre seus trabalhos recentes estão o filme Um Céu de Estrelas, de Tata Amaral, pelo qual recebeu o prêmio de melhor atriz coadjuvante no Festival de Florianópolis, e o curta-metragem O Tempo dos Objetos, de Bruno Carneiro. Mas sua carreira começou no rádio. Néa Simões fez parte do elenco de uma das mais famosas novelas do rádio brasileiro, O Direito de Nascer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.