Divulgação
Divulgação

Morre a atriz Georgia Gomide, aos 73 anos

Ela estava internada em um hospital da zona sul de São Paulo desde terça-feira

Bruno Lupion, Estadão.com.br

29 de janeiro de 2011 | 14h20

A atriz Georgia Gomide morreu na madrugada deste sábado, 29, aos 73 anos, vítima de uma infecção generalizada.

Ela estava internada no Hospital Sancta Maggiore, no Paraíso, zona sul da capital, desde a última terça-feira.

Seu corpo será velado no Hospital Beneficência Portuguesa até as 16h e o enterro deve ocorrer em seguida, no Cemitério da Consolação.

Georgia, cujo nome verdadeiro era Elfriede Helene Gomide Witecy, participou de mais de 40 novelas, como O Tempo e o Vento.

Mais recentemente atuou na Globo, em Vereda Tropical, Quatro por Quatro, Anos Rebeldes, Kubanacan e Malhação, onde viveu a Mamma Francesca. No SBT, participou do remake de Direito de Nascer. No cinema, atuou em filmes dos Trapalhões e de José Mojica Marins, o Zé do Caixão, como Exorcismo Negro, de 1974.

A atriz protagonizou, com sua colega Vida Alves, em 1966, o primeiro beijo homossexual da televisão brasileira no teleteatro Calúnia.


Tudo o que sabemos sobre:
Georgia Gomide

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.