Moradores de Ipanema homenageiam Helô Pinheiro

A disputa judicial pelo uso do título "Garota de Ipanema" chegou hoje à praia. Musa inspiradora de Tom Jobim e Vinicius de Moraes nos anos 60 e 70, Helô Pinheiro, que não é mais garota - tem "mais de 50 anos", segundo diz - e trocou o Rio por São Paulo, foi homenageada por comerciantes e moradores do bairro. A manifestação reuniu cerca de 150 pessoas, em frente ao bar Garota de Ipanema (ex-Veloso), na rua Vinicius de Moraes (antiga Montenegro). No local, há 36 anos, Tom e Vinicius se encantaram com o "doce balanço" da loura e compuseram a música que se tornou uma das mais tocadas do mundo. Acompanhados de uma banda e turistas, os manifestantes foram até o Posto 9, na orla.A homenagem foi uma resposta às famílias de Tom e Vinicius, que entraram na Justiça para tentar impedir que Helô use a marca Garota de Ipanema numa loja de roupas aberta por ela há oito meses em São Paulo. No estabelecimento, há fotografias dos compositores. Helô recebeu a intimação de um oficial de Justiça há cerca de 20 dias. Ela alega que a marca foi registrada e 1988 e aprovada há três anos pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), por isso teria o direito legal de usá-la."As famílias pensaram que eu estivesse explorando a imagem dos dois, e isso eu não aceito", disse Helô. "Foi uma atitude mesquinha." Toda de branco e com uma bandeira do Brasil na mão, a ex-musa foi muito aplaudida e recebeu o título de "Eterna Garota de Ipanema" dos organizadores do ato. Foi colocado um tapete vermelho sobre o asfalto para receber Helô, que chegou sob uma "chuva" de pétalas de rosa. O sambista Nélson Sargento compareceu à homenagem e abraçou a amiga."Agradeço ao povo de Ipanema por esta oportunidade, depois dos momentos difíceis que passei nesses últimos dias, de muita tristeza", disse ela. "É mais que uma vitória, estou renovada. Fui musa inspiradora e ninguém vai me tirar isso." Os herdeiros de Tom e Vinicius não foram localizados para comentar as críticas.

Agencia Estado,

05 de agosto de 2001 | 16h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.