Mona Lisa deveria estar grávida quando posou para Da Vinci

Mona Lisa, mulher retratada na famosa obra de arte homônima feita por Leonardo da Vinci no século 16, ou estava grávida ou havia dado à luz recentemente quando posou para a pintura - é o que disse um especialista em arte francês nesta quarta-feira."Graças à análises com laser, fomos capazes de desvelar o excelente véu transparente com o qual Mona Lisa estava cobrindo seu vestido. Isto era algo típico de uma gravidez ou filho recém-nascido", disse à rede de televisão LCI Michel Menu, diretor de pesquisa do Centro de Pesquisa e Restauração de Museus Franceses. Menu afirmou que vários historiadores haviam sugerido que ela estava grávida ou tinha acabado de ter um bebê.Pesquisadores estabeleceram que o retrato era de Lisa Gherardini, esposa do obscuro comerciante florentino Francesco del Giocond, e que Da Vinci começou a pintá-la em 1503. O nome Mona Lisa é o equivalemente a "Madame Lisa". "La Joconde", como a pintura é conhecida em muitos países, é a versão francesa de seu nome de casada. O especialista francês disse que todos os segredos da enigmática pintura ainda têm de ser revelados. "Nosso laboratório está tentado descobrir as técnicas de Da Vinci. Nós, particularmente, queremos compreender como ele pintou estas sombras, o famoso efeito ´fumato´", disse Menu.O artista levou a pintura para a França em 1517 e ela se encontra no Museu do Louvre desde 1804.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.