Modelos anoréxicas não desfilam na Pasarela Cibeles

A Pasarela Cibeles, evento de moda realizado duas vezes por ano em Madri, declarou guerra à anorexia e se transformará, a partir da próxima segunda-feira, na primeira vitrine internacional da moda na qual só desfilarão modelos com aspecto saudável.Os ícones da beleza associados à magreza extrema, geralmente exibida nas passarelas de todo o mundo, não estarão nas coleções de moda que serão apresentadas entre os dias 18 e 22 de setembro na capital espanhola.A Pasarela Cibeles decidiu rejeitar em sua próxima edição 30% das modelos que desfilaram no evento passado. A medida foi possível graças à ajuda da Sociedade Espanhola para o Estudo da Obesidade (Seedo) e ao acordo feito entre a principal plataforma da moda espanhola, as agências de modelos e a Associação de Criadores de Moda da Espanha.As modelos, que são obrigadas a ter pelo menos 18 anos, terão que se ajustar, desta forma, aos parâmetros mais próximos da realidade e defendidos por nutricionistas e endocrinologistas.Os especialistas propõem um índice de massa corporal (que relaciona o peso à estatura) de 18% a 25% para as modelos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.