Moda Paraná 2000 quer ser pólo de moda no país

Difundir a moda produzida no Paraná. Este é o objetivo da quarta edição do Moda Paraná. A feira, aberta hoje (08) e que funcionará até o próximo dia 11, em Maringá, está reunindo as principais confecções do estado e movimenta cerca de R$ 4 milhões.Segundo o diretor do Moda Paraná, Heinrich Barth, o estado possui aproximadamente 500 confecções, o que gera 30 mil empregos diretos e 13 mil indiretos. "A indústria de moda é muito forte no estado e acaba sendo uma das principais no que tange a empregos", disse. "Mesmo tendo força, a moda paranaense ainda não conquistou o seu espaço no Brasil".O evento tem o compromisso de difundir esse mercado e estimular o empresário e os estilistas do estado a produzirem. "Queremos transformar o Paraná em um centro de moda, bem como o Ceará e Minas Gerais", afirmou José Navascone, coordenador do evento. "O nosso diferencial está na criatividade dos estilistas e na qualidade de acabamento dos produtos", apontou.Localizado em uma posição privilegiada, entre o eixo São Paulo-Mercosul, os empresários da moda paranaense tem a intenção de intensificar as suas relações com os países vizinhos, para tentar difundir as produções fora do País. "A feira também está servindo para analisarmos as oportunidades de investimentos no setor", disse Barth.Após pesquisa realizada junto às indústrias, constatou-se que 5% das empresas paranaenses de moda já exportam os seus produtos. Porém, 67% ainda não o fazem e demonstram interesse em iniciar esse processo. "A Moda Paraná pode ser vista como uma oportunidade para esses acordos acontecerem", disse Navascone.O evento possui cerca de 250 expositores divididos entre confecções, tecidos e maquinários. "Esperamos receber esse ano um público de 20 mil pessoas", contou Navascone". Ano passado 11 mil pessoas visitaram a feira."As expectativas para esse ano são maiores pois segundo Barth, houve uma preocupação especial com a publicidade. "Investimos R$ 250 mil em mídia, coisa que não aconteceu em 99".Desfiles - Em conjunto com a Moda Paraná estão ocorrendo uma série de desfiles, que prometem mostrar o que o estado está produzindo. "Um dos momentos mais esperados é o desfile de novos talentos", disse Barth. Esse desfile mostrará a moda que está sendo feita por jovens estilistas paranaenses, que estão participando de um concurso, que premiará o melhor com uma passagem a Paris e R$ 1.000. "Estamos incentivando também os iniciantes a começarem com tudo", declarou Navascone.Além do desfile de novos talentos que ocorrerá dentro de meia hora (08/08, às 21h), as marcas locais também mostrarão a sua moda. "Temos muitas empresas que vendem para marcas famosas de São Paulo, mas que acabam ficando apagadas", disse Barth. "Queremos mostrar que estas marcas existem e que acabam vendendo o mesmo produto até pela metade do preço".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.