Moda masculina da Ferré traz look novo com qualidade antiga

O estilista Lars Nilsson, contratado pelaGianfranco Ferré após a morte do fundador da grife, no anopassado, rompeu com a tradição e optou por uma apresentaçãodiferente, no lugar de um desfile, para mostrar sua primeiracoleção. "Achei que essa seria a melhor maneira de apresentar minhanova visão para a Gianfranco Ferré", disse Nilsson à Reuters naapresentação de moda masculina para o inverno 2009, no domingo. Conhecido por sua alfaiataria perfeita e camisas brancaspara homens e mulheres, Ferré morreu em junho do ano passado,após sofrer hemorragia cerebral. Nilsson prometeu um desfilepara exibir sua primeira coleção feminina, em fevereiro. O estilista sueco conservou a tradição da alfaiataria nospaletós e casacos longos slim mostrados na apresentação, em quemodelos vivos se misturaram a manequins em um cenário dispostocomo quatro ambientes. Nilsson disse que a alfaiataria "é algo do qual gosto muitoe com que me sinto muito à vontade. Fico feliz por poder fazeresse tipo de trabalho". Ele conservou as camisas brancas que eram a marcaregistrada de Ferré apenas nas roupas formais de noite; comessa exceção, optou por tons de bege, cinza e azul. "Talvez eu esteja rompendo com a silhueta, optando por umcasaco mais justo e calças mais largas", disse Nilsson. "Temmuito a ver com proteger do frio... com a maciez, mas demaneira muito masculina." ARMANI No desfile da Emporio Armani, as roupas para esquiarviraram "urban chic", com tecidos tecnológicos em preto ebranco e casacos ou calças pontilhados de brilhos, como flocosde neve. O clima alpino continuou em suéteres inspirados em padrõesescandinavos, com longos cachecóis combinando. Giorgio Armani, o estilista mais conhecido da Itália,também mostrou alguma roupa feminina no desfile da Emporio, queé sua linha menos formal. Garotas de saias brancas curtinhas e casaquinhos pretosdesfilaram ao lado de um homem de calças cinzas e jaqueta develudo preto. Calças femininas longas e fluidas usadas com top de sedaprateada com laços e pérolas faziam par com mais veludo nosmoking masculino. Entre os acessórios, Armani apresentou echarpes de lã cinzae ferrugem, boinas com protetores de orelhas e toucas de lã,uma das tendências do inverno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.